Design sem nome 1 1

Moro em apartamento – Vale a pena ter um Seguro Residencial?

Uma das opções mais comuns que fazem com que as pessoas prefiram morar em apartamentos tem a ver com a segurança. Poder dormir tranquilamente sem pensar que a qualquer momento alguém pode pular o muro da sua casa é sempre algo a ser levado em conta. Além disso, geralmente o prédio conta com vigilância. Quando se fala em seguro residencial, umas das primeiras coisas que as pessoas se preocupam é em proteger seus bens contra roubo e furto. Mas será que é preciso contratar um seguro residencial para apartamento?

Como funciona um seguro residencial

Da mesma forma quando você contrata um seguro para seu carro, o seguro residencial serve para evitar que você tenhas gastos maiores quando tiver a eventualidade de um problema acontecer dentro e fora da sua residência. Como por exemplo: a geladeira pode queimar quando um raio cair muito próximo do seu terreno, a bola de futebol quebrar a porta de vidro, coisas desse tipo. Claro que estatisticamente esses eventos não são tão comuns e fáceis de acontecerem, e é por isso que o custo do seguro chega a custar 10 vezes mais barato do que um seguro de carro. Porém quando ocorre algum sinistro, você que já possui um seguro de carro sabe como é bom poder contar com uma ajuda financeira para cobrir os gastos com os prejuízos gerados.

Quais são as coberturas que o seguro oferece?

As básicas são incêndio, queda de raio e explosão. Essas coberturas são de contratação obrigatória, ou seja, todo seguro residencial possui. Além dessas existem as coberturas adicionais para seguro de apartamento que podem ser contratadas de acordo com a necessidade de cada pessoa:

Banner Blog Residencial
  • Danos elétricos
  • Roubo e furto de bens
  • Quebra de vidros (janelas e portas), balcões de mármore e granito
  • Vazamento de canos e tubulações
  • Pagamento do condomínio ou aluguel em caso de desemprego
  • Danos causados no apartamento dos vizinhos

Além das coberturas, é inevitável deixar de falar sobre os serviços de assistência residencial. Que funciona, também com o mesmo objetivo do auto, ajudar você solucionar aqueles pequenos probleminhas que acontecem dentro de casa.

Diferença entre seguro residencial e o seguro do condomínio

Por lei, o síndico é obrigado a fazer o seguro para proteger as áreas comuns do prédio e toda a infraestrutura do condomínio que é chamado de seguro de condomínio. O que muitas pessoas não entendem ou acabam esquecendo é que o seguro cobre apenas as áreas comuns, isso quer dizer que tudo que estiver dentro do seu apartamento não possui cobertura.

Contratar um seguro para apartamento vale a pena?

Vale a pena sim, desde contratado de forma correta e com as coberturas corretas. Se o seu apartamento estiver segurado, a parte financeira não será um problema. A companhia de seguros, assim que comunicada, abre o processo de sinistro para que você seja ressarcido. Incêndio, apesar de ser um acidente mais raro, é uma probabilidade, e quando tem a destruição é completa. Somente com um seguro é possível garantir que você não tenha um prejuízo tão grande.

Se interessou e deseja cotar seu Seguro Residencial? Contrate já CLICANDO AQUI!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *