Advertorial

Sumário

Idade, profissão, estilo de vida, histórico médico e peso podem influenciar no resultado da sua análise. Entenda como a aplicação funciona.

A vida adulta tem seus altos e baixos, prazeres e desprazeres… Por exemplo, acordar cedo durante toda a semana para trabalhar é dureza; mas conseguir pagar pela sua tão desejada viagem de férias compensa todo o trabalho suado.

Providenciar uma cobertura de seguro de vida também não é aquela diversão toda. Mas, no final das contas, saber que quem você ama está protegido é um alívio sem igual. 

Por isso, resolvemos te dar um pequeno spoiler dos pontos que são analisados numa aplicação de seguro de vida para tornar o processo ainda mais fácil e rápido para você.

Como funciona a análise durante a aplicação

Antes de efetivar a sua contratação, é feita uma breve análise sobre seu estilo de vida e condição de saúde pessoal durante o processo de aplicação. É importante que você saiba que quanto mais antiquada for a seguradora contratada, mais trabalhoso e demorado é esse momento.

Portanto, faça uma pesquisa cuidadosa e se certifique de escolher empresas inovadoras e modernas, como o caso das insurtechs — start ups que combinam seguros com tecnologia. Ao dar preferência para empresas mais modernas, você garante um processo mais simples, rápido e sem documentação excessiva ou desnecessária.

Dados cruciais para aplicação do seu seguro de vida

  • Idade  Vamos esclarecer de uma vez por todas: quanto mais jovem você contratar um seguro de vida, mais barato ele será. Digamos que a idade traz a famosa “dor nas juntas” e com ela a mensalidade do seguro mais alta também.
  • Ocupação  Estatisticamente falando, a estabilidade financeira tende a reduzir o risco de mortalidade. Além disso, algumas profissões apresentam riscos maiores do que outras.
  • Estilo de vida  As suas atividades diárias podem indicar qual o risco de vida que você corre diariamente. Você viaja muito de avião? Pratica algum esporte radical ou tem uma profissão de alto risco? Essas respostas influenciam no seu seguro.
  • Tabagismo  Antes de aplicar é importante saber que, se você usou algum tipo de tabaco nos últimos 2 anos, isso deve afetar a sua proposta.
  • Histórico médico  Informar a situação atual da sua saúde e o histórico médico familiar durante a Declaração Pessoal de Saúde (DPS) ajuda a ter um cálculo mais apurado da sua expectativa e risco de vida. 
  • Sexo biológico  Também é um importante fator para o cálculo, já que a expectativa de vida das mulheres é mais alta do que a dos homens.
  • Perda ou ganho de peso  A perda ou ganho de peso (no mínimo de 10 quilos) é um fator sensível da análise, já que pode indicar características do seu estilo de vida ou quadro médico. Ah, mas se você ganhou alguns quilinhos por causa da gravidez, não se preocupe, nós entendemos a situação.

Outra informações importantes na hora de realizar sua proposta

É provável que você já saiba a maioria das respostas pedidas durante o processo, mas aqui vão outros pontos para se ter em mente na hora de proteger os sonhos da sua família:

Quanto de cobertura você precisa e deseja ter

Sugerimos uma cobertura entre 5 e 10 vezes a sua renda anual. A sua cobertura deve ter um valor suficiente para não alterar o estilo de vida da sua família e garantir que financiamentos, empréstimos e outras pendências sejam quitadas caso algo aconteça com você.

Por quanto tempo você deseja uma cobertura

Se você não tem, mas pretende ter uma criança em breve, sugerimos uma cobertura de 15 a 25 anos. Mas, se seus filhos já estão um pouco crescidinhos, 10 anos é o ideal. A cobertura deve durar o tempo necessário para que as pessoas que dependem de você possam conquistar a própria independência financeira.

Quem você deseja nomear como seu beneficiário

É ideal que você nomeie pessoas que dependem e contam com a sua renda e apoio, como filhos, cônjuge, familiares, amigos ou sócios. É possível, inclusive, nomear uma pessoa jurídica como beneficiária de um seguro de vida.

Os dados pessoais do seu beneficiário

Os documentos de identificação e CPF são fundamentais, mas confira nas Condições Gerais da empresa a qual a documentação solicitada.

Dados da sua carteira de motorista

O número da CNH é importante para a verificação do seu histórico de motorista. No caso de ocorrência de acidente enquanto o contratante conduzia um veículo sem habilitação, existe o risco da seguradora não efetuar a indenização. 

Histórico médico (DPS)

A DPS (Declaração Pessoal de Saúde) é o documento pensado para acelerar e facilitar o processo de contratação. Nela, o segurado relata o próprio histórico médico pessoal e, também, familiar. É crucial não ocultar qualquer informação, pois a proposta pode ser negada pelo corretor em face de tal situação

A DPS, no entanto, não é utilizada pelas empresas mais tradicionais e pouco atualizadas. Nesse caso, é necessário apresentar diagnósticos passados, além de realizar uma série de novas consultas e exames para solicitar um laudo médico atual. Bem mais trabalhoso.

Agora que você sabe quais documentos e informações são fundamentais para a análise do seguro de vida, basta saber qual a cobertura mais adequada para você e sua família. 

Simule o seguro de vida agora. É fácil, rápido e não custa nada!

Cidades Brasileiras Que Têm Um

Muitos brasileiros sonham em conhecer a Europa. Existem diversas cidades espalhadas pelo Brasil que possuem uma

Dicas de Cuidados Para se

A terceira idade também chega para os cães, e é importante ficar atento a isso,

6 dicas para uma viagem

Viajar para o México tornou-se o desejo de muitos viajantes, especialmente por tratar-se de um

Credibilidade, experiência e transparência são características que norteiam a Prime Secure. Desde 2015 a nossa proposta é inovar na área de corretagem de seguros, através de tecnologia e eficiência, oferecemos qualidade em serviços para proteger e assegurar os bens e patrimônios de nossos clientes e parceiros.

Contato

Corretora@primesecure.com.br

+55 (11) 3511-0708

Siga a Prime Secure

Escolha uma das Opções Abaixo: